SISTEMA DE CRM X CONCEITO DE CRM


O sistema de CRM (Customer Relationship Management) é uma expressão em inglês que pode ser traduzida para a língua portuguesa como Sistema de Gestão de Relacionamento com o Cliente.

CRM é um sistema integrado de gestão da interação com o cliente, constituído por um conjunto de procedimentos e de processos organizados e integrados ao BPM (Business Process Management, ou modelo de gestão de negócios). Alguns sistemas, que auxiliam e apoiam essa gestão, são comumente classificados e denominados como sistemas de CRM. Seu objetivo principal é auxiliar as organizações a conquistar possíveis clientes e a fidelizar os atuais, sempre tendo em mente alcançar a satisfação total, por intermédio do entendimento das suas necessidades e expectativas, formando uma visão de 360 graus dos ambientes de marketing. O CRM abrange três grandes áreas: automatização da gestão de marketing; automatização da gestão comercial, dos canais e da força de vendas; e gestão dos serviços ao cliente.

O CRM é uma estratégia que permite à empresa como um todo ter uma visão única do cliente. A partir daí, poderá explorar melhor as oportunidades de negócio. Para isso, aproveita todas as interações que o cliente para capturar dados e transformá-los em informações que possam ser disseminadas pela organização. Dessa forma, todos os departamentos, entre eles call center, vendas, marketing, diretoria etc,podem ter acesso às mesmas informações sobre o cliente: quem é ele, quais são os seus gostos e preferências, quantas vezes ligou, reclamações que fez, sugestões que deu, quanto traz de valor para a empresa, entre outras.

A gestão do relacionamento com o cliente permite o registro em tempo real de todos os contatos realizados por ele com a companhia, de forma centralizada. Esses registros independem do canal de comunicação usado (voz, fax, e-mail, chat, SMS, MMS, entre outros) e servem para reunir informações úteis e catalogáveis. Qualquer informação relevante para as tomadas de decisões pode ser registrada e analisada periodicamente, para que sejam produzidos relatórios gerenciais dos mais diversos interesses.

O CRM envolve pessoas, processos e tecnologia. Permite a criação de uma sistemática específica para adquirir mais conhecimento sobre o cliente ao longo de toda a sua vida, não apenas no momento em que realiza uma transação comercial com a empresa. O conceito ampara-se nos grandes papas do Marketing.

Atualmente, um bom número de corporações já conhece seus clientes com essa profundidade. E por que isso é importante? Estudos feitos no mercado norte-americano concluíram que, em um prazo de cinco anos, uma companhia perde metade dos seus clientes e gasta cinco vezes mais na conquista de um novo consumidor do que na retenção do antigo. Outro dado interessante é que um comprador satisfeito comenta sua compra com cinco pessoas, enquanto que um insatisfeito queixa-se da empresa com nove.Por esses motivos, os princípios básicos do CRM sustentam a necessidade de saber identificar,diferenciar (por seu valor e necessidades) e interagir com o cliente, para estabelecer uma relação de aprendizado contínuo e para oferecer um atendimento personalizado e satisfatório tanto para o consumidor, quanto para a empresa.

Todas as informações relativas a esse relacionamento com o cliente precisam ser compiladas ou recuperadas no momento em que o contato ocorre. Assim, quando o cliente liga é imediatamente reconhecido e a empresa pode aproveitar esse momento para obter mais informações e também para oferecer novos produtos e serviços.

Para isso, é preciso fazer uso intensivo da tecnologia da informação. Mas não apenas isso. Também é necessário mudar a cultura da organização, com o treinamento dos funcionários. Implementar tecnologias de CRM sem fazer o redesenho dos processos internos da empresa e sem criar um modelo de relacionamento e de atendimento ao cliente poderá ser apenas um projeto de informatização do call center ou da área de vendas, o que não conduzirá aos resultados esperados pela organização.